Contador(a), INDIQUE E GANHE seu bônus financeiro.

  Olá, Contador(a) Parceiro(a) A E-commerce Integrado é uma empresa de tecnologia em nuvem que há mais de 10 anos vem criando soluções em vendas online para Fabricantes e Lojistas que vendem no Atacado e Varejo. Parceria: É com grande satisfação que venho propor uma parceria de Indicação dos nossos serviços através de sua empresa contábil. Como funciona a parceria:  Através do acesso a página o  INDIQUE E GANHE,   sua empresa ao preencher o formulário da PROGRAMA INDIQUE E GANHE receberá de nossa equipe um CÓDIGO PERSONALIZADO para inserir os clientes na página TESTE GRÁTIS . Cadastro do Contador(a) Parceiro(a)   Indique e Ganhe:   Clique aqui Cadastro do Cliente Indicado (14 dias grátis e sem compromisso): Clique aqui Bônus do cliente indicado: Seu cliente terá 10% de desconto na taxa de integração, configuração, treinamento, curso EAD de Direito do Consumidor e 2 meses de cortesia no ERP Bling. Bônus do(a) Contador(a) na contratação da indicação:    R$100,00 (Pagamento imediato)

Cerca de 17 mil empresas não prestaram informações sobre demissões

A Secretaria Especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia informou nesta segunda-feira (30) que decidiu suspender a divulgação do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged).

De acordo com a secretaria, a suspensão ocorreu porque empresas deixaram de enviar informações, principalmente referentes às demissões de trabalhadores formais. A secretaria identificou, por exemplo, que cerca de 17 mil empresas não forneceram os dados corretos referentes ao mês de janeiro.

"A Secretaria Especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia informa que identificou a falta de prestação das informações sobre admissões e demissões por parte das empresas, o que inviabilizou a consolidação dos dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), referentes aos meses de janeiro e fevereiro", informou a pasta.

A Secretaria de Previdência e Trabalho informou que tem entrado em contato com as empresas para que os dados sejam enviados, mas acrescentou que o cenário de pandemia do novo coronavírus pode ter dificultado o envio das informações.

Seguro-desemprego

Na nota enviada nesta segunda-feira, o Ministério da Economia informou que a falta das informações não irá interferir no pedido e na concessão do seguro-desemprego aos trabalhadores que tenham perdido os empregos.

"O acesso ao benefício pode ser todo feito de forma virtual, tanto pelo gov.br/trabalho quanto pelo aplicativo Carteira de Trabalho Digital", informou a secretaria.


Leia a íntegra da nota:

NOTA À IMPRENSA

Empresas não prestaram informações sobre admissões e demissões referentes a janeiro e fevereiro

A Secretaria Especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia informa que identificou a falta de prestação das informações sobre admissões e demissões por parte das empresas, o que inviabilizou a consolidação dos dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), referentes aos meses de janeiro e fevereiro.

Trata-se de dados de envio obrigatório e de responsabilidade das empresas e que, na presença de subdeclaração, podem comprometer a qualidade do monitoramento do mercado de trabalho brasileiro.

g1

Curso Preparatório para o Exame de Suficiência CFC R$ 246,90. Ver mais informaçôes

_____________________________________

Site desenvolvido por: E-commerce Integrado: Integração e Sites Profissionais Teste Grátis